Este ano o grande desafio da Diretoria Estadual da ASSOPAES será a organização dos Núcleos Municipais.

Temos que convocar e coordenar assembleias municipais da ASSOPAES em quase todos os municípios do Estado, eleger 6 coordenadores municipais; Coordenador Geral, Coordenador de Secretaria, Coordenador de Escolas Públicas, Coordenador de Escolas Particulares, Coordenador de escolas especiais, filantrópicas e APAIs e Coordenador de escolas profissionalizantes, além de Conselheiros Municipais de Educação, Conselheiros do CAE Municipal, Conselheiros do FUNDEB e Conselheiros do Fórum Municipal de Educação do município.

 

Todos os participantes das assembleias municipais deverão estar filiados a ASSOPAES e comprovarem por declaração da escola do filho que são os responsáveis pelos mesmos.

 

A logística para estas ações são muito difíceis, já que a Entidade tem seus diretores trabalhando 10 horas por dia e são voluntários na ASSOPAES, isso sem falar nos custos de deslocamento aos munícipios inicialmente para contato nas escolas com os pais que devem ser convencidos da importância da participação na assembleia e na candidatura aos cargos de coordenadores e conselheiros, uma segunda visita para organizar a assembleia na forma do Estatuto e Regimento Comum de eleição de núcleos municipais.

 

Vamos precisar de muita ajuda dos gestores municipais para conseguir fazer a organização do núcleo em apenas 2 visitas.

 

Esperamos que com a realização da nucleação da ASSOPAES podemos chegar a 2 mil filiados ou mais a entidade.

 

Buscar parceria com os gestores municipais é imprescindível para o êxito desta ação.

 

Posteriormente ainda devemos desenvolver métodos de monitoramento da ação dos núcleos, realizando formação e assessorando nas atividades por eles desenvolvidas.

 

Sabemos que em alguns munícipios os gestores criam conselhos burocráticos sem efetivo desenvolvimento de suas obrigações legais onde pais, comunidade e outros atores são meros referendadores das politicas da gestão municipal não havendo o efetivo controle social dos recursos da educação, nestes teremos mais dificuldades e teremos em alguns casos que nos socorrer do Ministério Público para garantir o direito coletivo e a aplicação da lei.

 

Mesmo sabendo de todas as dificuldades, vamos em frente com toda coragem para atingir os objetivos previstos em estatuto da ASSOPAES.